©2018 by Vilavox

Canteiros de Rosa

SINOPSE

O universo, os personagens e a palavra rica de Guimarães Rosa ocupam a cena com os espetáculos Canteiros de Rosa – uma homenagem a Guimarães, que percorre o universo autor mineiro através da encenação de contos do livro Primeiras Histórias (Sôroco, sua mãe e sua filha, Darandina e A menina de lá). A peça contou com direção de Jacyan Castilho e texto de Gordo Neto.

A obra de Guimarães Rosa prima por encenar os dramas demasiadamente humanos: loucura, solidão, amor, morte, vida, família, pecado, culpa, alegria, saudade, tempo, misticismo, religião, medo, ódio, devastação, marginalidade. A montagem coloca em cena a musicalidade natural da linguagem do escritor, em um cenário ousado, elaborado com andaimes de construção. Canteiros de obras ocupam o espaço, onde ocorre toda movimentação cênica. Canteiros de trabalho onde a palavra de Guimarães é experimentada na cena, resgatando elementos de sua literatura e de seu estilo: são realçados os elementos musicais de sua linguagem, o ritmo, as quebras, os silêncios.

Vencedor do Prêmio FUNARTE Myriam Muniz de Teatro em 2006, o espetáculo estreou em julho de 2006 no Palco Principal do Vila Velha e em 2007 percorreu as cidades de Aracaju (SE), Alagoinhas (BA), Mossoró (RN), Natal (RN), Maceió (AL) e Recife (PE) através da Caravana FUNARTE PETROBRAS de Circulação Nacional. Ainda neste ano, Canteiros de Rosa concorreu ao Prêmio Braskem de Teatro 2007 na Bahia, nas categorias de Direção e Direção Musical. E em novembro integrou a programação do I Festival Nacional de Teatro ocorrido na Bahia, promovido pela Cooperativa Baiana de Teatro. Em 2008, a peça ainda esteve em cartaz em janeiro durante o Vila Verão e teve sua última apresentação como convidada do FILTE (I Festival Latino Americano de artes cênicas) também em Salvador, ocorrido em 2008. Em 2009 voltou em cartaz e em 2010 integrou o intercâmbio artístico promovido pelo Sesc-Senac.

1/4
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now